Ganços Voando Sobre RioHá uma grande diversidade de animais selvagens (ou silvestres) por todo o mundo, e todos possuem grande importância para o equilíbrio da natureza. Muitos são tirados de seu habitat natural e colocados em cativeiro, sendo prejudicados, e prejudicando os ecossistemas naturais. A principal causa é o comércio ilegal que aumenta a cada dia, e junto com ele, a extinção de várias espécies.

Todo animal possui um papel fundamental e uma beleza única. Portanto é imprescindível a conscientização da sociedade, que compra por achar “bonito”, e por pensar que é um ato de "boa ação" com a natureza cuidar de um deles. Mas pelo contrário, o animal vive sem liberdade, e não pode agir segundo seus instintos. Não podemos impedir a maneira natural dos animais viverem, nem aceitar que eles sejam contrabandiados, sofram maus tratos, e morram.

Animais selvagens são os que vivem livremente em seu habitat natural, não são domesticados, e podem possuir um instinto agressivo com relação aos seres humanos, por uma questão de defesa. E por reagirem à presença humana, possuem dificuldades de crescer e se reproduzir em cativeiro, onde não possuem liberdade alguma. Existem os animais silvestres nativos, que são naturais do Brasil, e os animais silvestres exóticos, de outros países. Os nativos mais comuns são o mico-leão-dourado, lobo-guará, onça-pintada, papagaio, piranha, boto, capivara, dentre outros.

A biosfera é formada pelo reino animal e reino vegetal. É regida por leis fisiológicas, e quando bem seguidas permitem a sobrevivência das espécies. A intervenção humana faz com que muitas espécies sejam extintas, e essa extinção influencia na vida de outros seres. Na vida selvagem, uma coisa depende da outra, a cadeia alimentar precisa seguir sua ordem. A vida animal influencia até nas existência das plantas. Sendo assim, são de grande importância para o equilíbrio da natureza.

Existem animais selvagens de todos os tipos: mamíferos, aves, répteis, anfíbios, peixes, insetos. Diferente do que muitos pensam, o papagaio, o jabuti, a arara e o mico também são animais selvagens, portanto querer domesticá-los, e contribuir para o tráfico de animais, não é a melhor escolha.